quarta-feira, 27 de abril de 2011

Diques e barragens

Há um ditado popular por aqui: "Deus criou o mundo e os holandeses criaram a Holanda". A parte costeira dos Países Baixos está 3 metros abaixo do nível do mar. À medida que se vai para o interior, as coisas mudam. Não me lembro da porcentagem de terras que antes pertenciam ao Mar do Norte e que hoje fazem parte das Nederlands, mas sei que é grande.
Em 1953 houve uma grande inundação que vitimou milhares de pessoas. Foi um susto e um trauma. Desde então, os holandeses se esmeraram em desenvolver tecnologias para a contenção de inundações, enchentes, alagamentos. Os diques da Holanda são referência mundial e FUNCIONAM! Uma maravilha da engenharia hidráulica. Visitei os diques de Oosterschelde e fiquei maravilhada. As comportas estavam abertas e a água fluía calmamente. A costa holandesa possui agrupamentos de diques nos pontos mais estratégicos e "frágeis" (onde as águas do Mar do Norte poderiam causar mais danos).
Além dos diques, há as barragens e as dunas. Na província de Zeeland (terra do mar) seguimos por uma estrada à beira-mar; porém, no lugar de ver uma praia, vimos mastros de barcos acima da gente. O que nos separava do mar era um "morrinho" artificial.
Marta me contou que engenheiros holandeses estiveram no Brasil para levar a tecnologia de construção de diques e barragens para resolver os problemas das enchentes. Parece que o projeto não saiu do papel. Não sei o que deu errado, mas vou investigar. [Tomara que não tenha sido falta de vontade política, corrupção, etc., etc.]
Este é o primeiro agrupamento de comportas (há mais 3) do Dique de Oosterschelde. Cada comporta tem 50 metros de altura . Quando as águas do mar do Norte sobem, as comportas se fecham automaticamente.
Há um viaduto que ladeia as comportas. As pessoas caminham, andam de bicicleta, andam de patins por ali.
Assista ao vídeo e repare no barulho das águas passando pelas comportas abertas. 

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário